Vídeo: Eduardo Braga e Caiado discutem e quase chegam as vias de fato

O líder da pasta participa de audiência pública de discussão sobre os desafios da matriz energética brasileira frente às mudanças climáticas.
Um bate-boca entre o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) e o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, marcou a sessão desta quinta-feira (29/10) da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas. As rusgas surgiram na hora em que o parlamentar goiano dirigia perguntas ao peemedebista. Ele reclamou da falta de atenção do titular da pasta e depois deixou a sala, voltando momentos depois.
https://www.youtube.com/watch?v=Yp4wPlILV14
Ao perceber que Braga estava de costas para ele e mexendo no celular, Caiado reclamou da postura e pediu respeito. A troca de acusações evoluiu para ofensas pessoais. “Você é bandido, não respeito não, bandido safado, tá acobertando essa concessão da Celg (Centrais Elétricas de Goiás), isso é negociata. Safado”, acusou. Braga retrucou: “Olhe o decoro parlamentar, bandido é vossa excelência, me respeite”. Os dois foram apartados pelos senadores Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) e Garibaldi Alves (PMDB-RN). Mais tarde, o próprio Garibaldi e Fátima Bezerra (PT-RN), parlamentares da base do governo, saíram em defesa do ministro, recriminando a atitude Caiado.
O ministro Eduardo Braga está na CCMC para audiência pública de discussão sobre os desafios da matriz energética brasileira frente às mudanças climáticas. Senador licenciado, ele apontou a dificuldade de se instalar linhas de transmissão devido ao excesso de licenças ambientais. Segundo Braga, 1km exigem 27 diferentes permissões. Ele sugeriu ao Senado que avalie uma proposta de emenda à Constituição que garanta prazo máximo de seis meses para licenciamento de obras estratégicas.
 
 
fonte: correiobraziliense
 
Barrancas Seu Portal de Notícias

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.