Troca de Levy por Meirelles significa volta de Lula diz Democratas

BRASÍLIA – O presidente nacional do DEM, senador José Agripino (RN), ironizou nesta quinta-feira as pressões de setores do PT pela saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e sua substituições pelo ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles. Na noite de terça-feira, Levy foi “massacrado” em jantar com senadores, que avisaram que a recriação da CPMF não será aprovada pelo Congresso. Ontem, na quarta-feira, Levy se reuniu com Meirelles.
As pressões para a entrada de Meirelles no governo partem principalmente do ex-presidente Lula. Para Agripino, a troca no comando da Fazenda reforça ainda mais a fragilidade política da presidente Dilma Rousseff no comando do país.
“Trocar Levy por Meirelles, que só assume levando gente sua para o Planejamento e para os bancos oficiais, é o mesmo que dizer: Lula reassumiu a presidência, e Dilma agora é sua hóspede no Palácio da Alvorada. Mas com direito à piscina e a cinema de graça”, disse o presidente do DEM em nota.
fonte: g1

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.