Mulher manda matar molestador e enterrar o corpo

Polícia Civil de Humaitá recebeu  uma denúncia de que uma senhora havia mandado matar um homem e enterrar o corpo.
O delegado Marcus Rezende e sua  equipe da Delegacia Interativa de Humaitásairam sairam  em diligencia, com o apoio da Força Tática e duas guarnições da Polícia Militar, a fim de realizar os levantamentos iniciais. Encontraram os acusados de matar o homem.

Cheguei à suposta mandante, Cleonice. Esta, inicialmente negou o fato, mas acabou assumindo a participação no crime. delegado Marcus Rezende

A vítima, conhecido por Júlio, vulgo Perna, era namorado de sua filha, Quitéria e dormia na casa delas.

mort3
Cleonice suspeita de ser mandante do crime

mor2
suspeito de cometer o crime Jeferson, vulgo Sarô

 
 
 
 
 
 
 
 
Os suspeitos falaram que o motivo para o crime seria que há muito tempo Julio (Perna) vinha aliciando e abusando sexualmente das outras filhas de Cleonice, Cássia, uma menor com 14 anos e Gabriela, com apenas 9 anos de idade. A família já não mais suportava os abusos, mas temia denunciá-los.
Na madrugada de sábado para domingo passados, 20 para 21 de Junho, Cleonice acordou com Júlio bolinando mais uma vez sua filha de 9 anos. A família então, revoltada, decide acabar com a vida de Júlio.
mort11
 
Quitéria, Tiago e Sarô (Jeferson Nascimento) simularam uma pescaria e chamaram Júlio e por volta das 20h do dia 21/06, esfaqueiram Júlio e jogaram seu corpo no Igarapé que fica dentro da Fazenda Brasília, no Km 20, da BR 319, sentido Manaus.
 
Estão presos como suspeitos Cleonice e Sarô.  A Polícia está buscando outros suspeitos de estarem envolvidos no crime ,  Quiteria e Tiago, que estão na casa da Avó, em Porto Velho, Rondônia.⁠⁠
 
 
*informaçãos assesoria
Barrancas Seu Portal de Notícias

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.