Liríadas: Chuva de meteoros poderá ser vista no Brasil nesta quarta

No final do Dia da Terra, uma chuva de “estrelas cadentes”, ou meteoros, está prevista para atingir seu ápice. Ela acontece entre a noite desta quarta-feira (22) e a madrugada de quinta (23) e deve proporcionar uma visão espetacular do fenômeno em várias partes do planeta, inclusive no Brasil.
De acordo com a Nasa, a agência espacial americana, a chuva de meteoros chamada de Liríadas poderá ser vista de forma intensa no Hemisfério Norte, basta olhar para o céu a partir das 22h30 de quarta. Ja no Henisfério Sul, a partir da 0h desta quinta a chuva poderá ser vista, inclusive de qualquer parte do Brasil. O fenômeno tem este nome porque se origina da constelação de Lira, onde se encontra a brilhante estrela Vega.
Existe um número previsto de aproximadamente 10 meteoros por hora, podendo haver picos de 90 meteoros por hora. O fato que torna essa chuva interessante de ser observada é a magnitude dos meteoros, que possibilita observá-los até em grandes cidades, em locais mais escuros.
O observatório Slooh, localizado nas Ilhas Canárias, no meio do Oceano Atlântico,vai transmitir a Liríadas pela internet. Só será possível enxergar o fenômeno sem a ajuda de telescópio em locais onde o céu não estiver encoberto e distantes de luzes artificiais urbanas. A Nasa também fará a transmissão da chuva.
A chuva de meteoros é causada pelo rastro da passagem de um cometa, estes detritos ficam pelo caminho e, quando a Terra passa por esse rastro, eles queimam por causa do contato com o oxigênio na entrada da atmosfera e viram os meteoros. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, popularmente conhecido como “estrela cadente”. O cometa que causa as Liríadas é o Thatcher, descoberto pelo americano A. E. Thatcher em 4 de abril de 1861.
 
Clique aqui para assistir a chuva de meteoros Liríadas. Ou aqui.
Fonte:  agencia brasil

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.