Jornal Italiano diz que Papa tem Câncer benigno no Cérebro

ROMA: Esta noite aconteceu forte controvérsia entre o Vaticano e um jornal italiano,  informou que o Papa teria uma “pequena mancha escura no cérebro,” que seria  “câncer curável.”
O jornal “Il Quotidiano Nazionale”, acrescentou que o pontífice visitou incógnito “Algum tempo atrás, uma pequena vila na Toscana, a fim de consultar um médico japonês, especialista de renome mundial neste tipo de doenças.”
A informação foi negada categoricamente pelo porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.
“O Papa é que a realização de suas atividades como de costume intensamente. A divulgação de notícias infundadas é extremamente irresponsável e não digno de atenção”, disse ele.
Em resposta, o diretor da mídia, Andrea Cangini defendeu a veracidade da notícia.
“A negação é compreensível e esperado. Esperamos por um longo tempo para quebrar a agência de notícias para fazer todas as verificações necessárias. Não tenho a menor dúvida quanto a seus méritos”, disse ele.
Ele acrescentou que “nós não acreditamos que é necessário questionar se ou não publicável.  Nós sentimos que o que nós acreditamos é verdadeiro para um chefe de Estado ou de governo, também se aplica ao Papa. A enorme responsabilidade pública dessas personalidades,  acreditamos que o direito à privacidade é menos importante do que o direito do público de ser informado “.
Segundo a nota, a visita de Jorge Bergoglio teria ocorrido no início deste ano na clínica Barbaricina San Rossore, perto de Pisa, onde o helicóptero papal foi visto pousando.
O Papa tinha visitado Professor Takanori Fukushima, um especialista em tumores cerebrais e aneurismas, cujo relatório final indicou que o papa “não necessita de qualquer intervenção em que lugar”, o tumor benigno.

 
 

Fonte:  https://www.emol.com/noticias/Internacional/2015/10/20/755325/En-Italia-aseguran-que-el-Papa-Francisco-tiene-un-tumor-cerebral.html/ Il Quotidiano Nazionale

 
 
Barrancas Seu Portal de Notícias

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.