Interior decide e professores da UFAM entram em greve

Nesta terça feira 09 de junho a equipe do Portal Barrancas ao chegar na UFAM presenciou os alunos e professores acompanhando diretamente de Manaus a Assembleia para decidir se haveria a greve de docentes. Parecia ate final de copa do mundo, estavam todos atentos aguardando o resultado de Manaus.
Quando foi divulgado o resultado todos comemoraram com palmas apitos, e gestos de vitória, não pela greve, e sim por fazer parte da Universidade do Amazonas e saber que podem fazer a diferença, em todos os aspectos tanto dentro da UFAM,  como no município de Humaitá.
DSCF3019
Os estudantes de Humaitá,que vem protestando a favor da greve  ganharam voz na Assembleia, e o interior do Amazonas foi decisivo para o resultado final da eleição. Ainda aguardando os tramites burocráticos, antes mesmo da greve ser instaurada, os estudantes  foram as ruas da cidade mostrar a população que  lutam por seus direitos em busca de melhores condições para o campus local e mudanças gerais na educação do pais.
De acordo com informações do site da ADUA  a greve foi deflagrada por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (15). Foram 292 votos favoráveis, 271 contrários e quatro abstenções.
 
Os estudantes dos Institutos de Educação, Agricultura e Ambiente (IEAA), em Humaitá, e de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ), em Parintins e os técnico-administrativos da UFAM já estão em greve, desde o dia 28 de maio,protestado contra o corte da verba da Educação, feito pelo governo federal.

Movimento estudantil UFAM 2015


 
Barrancas Seu Portal de Notícias
 

Mostrar Mais

1 Comentário

  • JOSÉ RAPHAEL
    JOSÉ RAPHAEL

    Moro em Manaus a quase 4 anos,sou Humaitaense, e estou no 7º período de Engenharia Mecânica da Faculdade de Tecnologia da UFAM. Não fui a favor da greve, assim como muitos professores e alunos da sede. Devemos Lutar por melhores condições no ensino SIM, pressionar os governantes, mas de forma inteligente, onde ninguém saia prejudicado. abraços pra galera do IEAA

    Responder
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.