Vídeo: Pedestre fica indignada com veículos em cima das calçadas na rua Rio Madeira

Humaitá não oferece condições “civilizadas” para a circulação de pedestres e cadeirantes em suas calçadas. Quem caminha encontra calçadas estreitas, buracos, degraus, postes, entulhos, caçambas, postes de luz, placas de trânsito, comerciantes e veículos estacionados.

Além de todos esses problemas de infraestrutura, não é difícil o pedestre se deparar com um carro estacionado na calçada.  Como está denúncia enviada ao Portal Barrancas que através o vídeo relata esse tipo de problema.

A rua Rio Madeira é paralela a Transamazônica, é uma das ruas mais movimentadas de Humaitá, para andar nas calçadas estreitas já é ruim. Imagine para piorar ainda mais, veículos em cima dessas calçadas e você ter de  andar por uma rua movimentada de veículos e muitos deles em alta velocidade?  As pessoas que andam a pé se sentem e estão em risco de vida.

Determinação legal

O inciso V do Artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que “o trânsito de veículos sobre passeios, calçadas e nos acostamentos, só poderá ocorrer para que se adentre ou se saia dos imóveis ou áreas especiais de estacionamento”; no entanto, não é o que pode ser observado no trânsito da maioria das cidades brasileiras.

 

Mostrar Mais
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *