Tragédia em festa na madrugada de domingo em Humaitá

Humaitá-AM. As festas clandestinas sempre são mais propensas a tragédias, nesta madrugada não foi diferente, infelizmente.

Os jovens  reúnem-se no Ipixuna e agora no anel viário fugindo da fiscalização, fazem festas durante final de semana muitas vezes nos sítios, mas neste final de semana, era uma festa podemos dizer tipo um  “bancadão” na beira da via ainda sem pavimentação.

Junta música alta, bebida e outras coisas, mais aglomeração  gera a facilidade de agressão, desta vez deixou quatro vítimas, quatro famílias ilutadas.

As vítimas foram duas moças que estudavam no IFAM e dois policiais militares,  Vitória Elen Nascimento Xavier Dantas, Beatriz  Bezerra da Silva,  Aílton Neves e Sandro Dantas que estavam em suas respectivas folgas.

O IFAM-Humaitá colocou uma nota de pesar na sua página oficial no Facebook:

Conforme as testemunhas do acidente, os dois policiais estavam à paisana e participavam da festa clandestina que acontecia durante a noite. Por volta de 2h30, homens que estavam no local atiraram para cima.

Após a situação, os policiais militares pediram para as pessoas que estavam no local se dispersarem e encerraram a festa clandestina. Quando saíam, dois homens em um carro, suspeitos terem feito os disparos, atropelaram os dois policiais e às duas moças.

Após o atropelamento, em uma, saveiro  branca dos suspeitos capotou na estrada. Os policiais e duas mulheres morreram e outras pessoas ficaram feridas. O motorista do carro e outro homem que estava com ele também ficou ferido. Eles foram encaminhados para um hospital no município.

Conforme o delegado Mário Melo, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Humaitá, um dos autores do acidente foi identificado como M. de L. C., cabo do exército, e estava possivelmente embriagado no momento do fato. As investigações em torno do caso seguem em andamento, e as equipes policiais estão aguardando o resultado dos laudos periciais e a liberação dos corpos.

O Portal Barrancas, se  irmana  na dor dos familiares e amigos,  neste momento difícil e pedimos a Deus que conforte os  corações.

fotos: Lucas Lobo

 

 

 

Mostrar Mais
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *