Conselhos para economizar na reforma do seu apartamento em Manaus

Sabemos que economia e reforma são palavras que geralmente ficam longe uma da outra, sobretudo se o dono da obra não conhece os nossos conselhos.

Comprar um ap em Manaus para reformar ou dar aquela repaginada no seu imóvel é um momento especial, pois os ambientes ganham em estilo e você com o aconchego.

Leia agora os conselhos para economizar na reforma do seu apartamento.

Saiba qual é o seu objetivo

Comece a obra somente após a definição do que você deseja reformar, evitando, entre outros problemas, mudanças no meio da obra. Materiais que não estavam previstos e horas a mais de mão de obra elevam os custos.

O projeto, aliado aos seus objetivos, é o ponto de partida para que se faça um orçamento com maior precisão. Sabendo que a obra envolve a pintura interna de todos os cômodos, a troca do piso e a ampliação dos quartos dos filhos, por exemplo, o foco será nesses três pontos.

Defina o seu orçamento

Respeite as suas finanças, estabelecendo um teto de gastos para a obra e deixando uma margem para imprevistos – sem exagerar no valor.

O orçamento definido permite que você tenha em mãos o que poderá ser feito nesse momento, afinal, mesmo que o desejo seja o de reformar o apartamento todo, pode ser que o seu orçamento comporte uma parte da reforma agora e outra mais tarde.

Planeje e faça uma lista das prioridades

A cena é comum: a família começa a reformar e durante a execução da obra “descobre” que pode fazer mais coisas, como quebrar uma parede ou ampliar a área de serviços. No entanto, essa é uma ação que vai aumentar as despesas e, por isso, aconselhamos ter um planejamento e mantê-lo até o final da obra. Resista às tentações!

Uma dica bacana é fazer a obra por etapas, ou seja, caso você não tenha dinheiro para bancar tudo o que deseja, priorize as reformas dos cômodos mais desejadas pela família. Depois da obra pronta, comece a economizar para que no futuro o restante seja feito. A medida evita o desnecessário endividamento familiar.

Pesquise: mão de obra e materiais

Há diferenças consideráveis na qualidade e no preço dos prestadores de serviços. Então, nada de contratar logo no primeiro orçamento, pelo contrário, busque no mínimo três profissionais diferentes a fim de comparar os preços.

O mesmo vale para os materiais necessários à obra, uma vez que temos muitas opções de lojas do ramo. Aliás, uma dica legal é fazer a lista dos materiais e tentar barganhar no valor final em uma única loja. Como a compra é grande, pode rolar um desconto importante.

Reaproveite o que puder

Nem tudo é descarte, tem coisas que você pode reaproveitar e dar um fôlego extra no orçamento. Às vezes, um simples reparo em móveis que estão dentro do apartamento resolve, inclusive, dando a eles novas funções na decoração.

Antes de comprar ferramentas e outros produtos para a reforma, dê uma conferida no que você nem lembrava que tinha guardado. Lâmpadas, fechaduras, tintas, parafusos e outros itens armazenados podem economizar uma grana.

Descarte dos materiais

Esse é um conselho que pouca gente recebe, afinal, na hora de descartar o que realmente não pode ser reaproveitado, se faz de qualquer jeito. Empresas que recolhem entulhos costumam disponibilizar uma caixa especial para receber os materiais descartados.

Não esqueça de providenciar o descarte responsável dos materiais, evitando a correria de última hora, quando se paga mais caro para alguém “salvar” o descarte.

Use a decoração a seu favor

A decoração de imóveis evoluiu de tal maneira que é capaz de mudar o ambiente sem um investimento alto. A mão de tinta na parede da sala, o papel de parede e os adesivos que simulam tijolinhos, espelhos que criam a sensação de amplitude e outros truques decorativos valorizam o apartamento.

Ainda na pegada do reaproveitamento, é possível customizar os móveis atuais e recriar o cenário. Móveis antigos ficam maravilhosos ao serem restaurados.

Economizar na reforma do seu apartamento é bom demais, o que permite reservar o dinheiro não gasto para investimentos futuros. Até mesmo, se surgirem chances de você atuar na reforma, ajudando com a mão de obra no que sabe fazer, não hesite em colaborar.

Siga os conselhos do nosso artigo e poupe na reforma do seu apartamento. Vamos lá, mãos à obra!

 

O que achou do artigo, ele lhe ajudou? Compartilhe com os seus amigos que precisam saber mais sobre o tema.

Redatora fonte: Fernanda Maria Scrok

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *