Avião de passageiros 100% elétrico faz voo inaugural

O primeiro avião de passageiros 100% movido à energia elétrica fez seu voo inaugural, nesta terça-feira (27). Projetado pela Eviation Aircraft, ele atingiu alturas de cerca de um quilômetro de altura em uma trajetória de oito minutos, após decolar do Aeroporto Internacional de Grant County, em Washington, nos EUA.

— Isso é história. Não vimos a tecnologia de propulsão mudar na aeronave desde que passamos do motor a pistão para o motor a turbina. Foi na década de 1950 que foi a última vez que você viu uma tecnologia totalmente nova como essa se unir. — disse Gregory Davis, presidente e CEO da Eviation, ao canal de televisão CNN.

Fundada em 2015, a empresa israelense pretende aperfeiçoar a tecnologia da aeronave para colocá-la a venda em 2027.

Segundo a fabricante, esse teste mais curto foi somente para testar a potência dos motores elétricos magni650, desenvolvidos pela magniX. Os propulsores são os mais potentes e avançados do segmento zero emissão em atividade no mundo atualmente, pelo menos até que a Airbus e a Boeing comecem a atuar nessa área com mais presença.

Alice

Batizado de Alice, a aeronave tem uma bateria similar à de carros elétricos e que demora cerca de 30 minutos para carregar. A autonomia de voo é de uma a duas horas. O avião, que tem espaço para nove passageiros, tem uma velocidade máxima de cruzeiro de 461,882 quilômetros por hora.

O Alice foi desenvolvido originalmente para atuar em rotas de até 400 quilômetros de distância, substituindo, muitas vezes, viagens de ônibus e vans, só que com muito mais conforto, eficiência energética, luxo e velocidade. Além disso, as viagens prometem ser bem mais silenciosas, graças aos propulsores eletrificados.

— Geramos terabytes de dados com os sistemas que tínhamos na aeronave. Levaremos algumas semanas para analisá-los para ver como a aeronave se comporta em relação aos nossos modelos. A partir daí, entenderemos o que precisamos fazer a seguir. — explicou Davis.

Por Redação

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *