Alzheimer: Médico brasileiro realiza cirurgia que reverte memória

Um médico neurologista brasileiro, que fez especialização em Toronto, no Canadá – berço das pesquisas – conseguiu frear e reverter a doença de Alzheimer em um paciente de 77 anos – que não teve seu nome revelado a pedido da família.
O cirurgia de Implante de Estimulador Cerebral Profundo foi dia 11 de dezembro no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, na Paraíba, e os equipamentos foram ligados pouco antes do Natal.
O idoso sofre de Alzheimer há 2 anos e tinha um quadro de leve a moderado da doença.
Recuperação da memória
Em entrevista ao SóNotíciaBoa o médico que fez a cirurgia, Rodrigo Marmo, de 35 anos, afirmou que “na primeira semana o paciente apresentou resultados iniciais animadores”.
Ainda de acordo com o especialista, “15 dias após a cirurgia o paciente volta a se lembrar de caminhos, o vocabulário melhora e ele fica mais atento às conversas”.
A cirurgia
O Implante de Estimulador Cerebral Profundo, foi uma cirurgia usada inicialmente para outra doença: o Mal de Parkinson.
Em 2008 especialistas de Toronto, no Canadá, passaram a usar a técnica experimentalmente em 6 pacientes com Alzheimer.
Os resultados positivos atraíram atenção de especialistas dos EUA e de lá pra cá, juntos, especialistas dos dois países “já fizeram a cirurgia em 42 pacientes. Ela não é mais considerada experimental”, alerta o médico brasileiro.
O implante
Rodrigo Marmo se baseou nos estudos que acompanhou em Toronto, no Canadá, durante sua especialização, para operar o paciente brasileiro de 77 anos.
Ele explicou ao SóNotíaBoa como é o procedimento:
“Um marca-passo cerebral é implantado no paciente. Eletrodos, conectados a uma bateria presa no peito, dão pequenas descargas elétricas no cérebro, que estimulam o circuito da memória”.
11 ou 15 dias após a cirurgia o equipamento é ligado e começam a aparecer os primeiros resultados, conta o médico.
Vitória na justiça
A cirurgia é cara porque os eletrodos e o marca-passo são importados.
Custa em torno de 200 mil reais.
Como o paciente vinha piorando – os remédios não estavam fazendo mais efeito – e o plano de saúde se recusou a pagar pela operação do idoso da Paraíba, porque procedimento ainda não foi libertado o pelo Ministério da Saúde – a família dele entrou na justiça… e venceu!
O convênio foi obrigado a pagar pela mesma cirurgia canadense, feita no Brasil pelo especialista Rodrigo Marmo.
Alerta
O especialista alerta que o Implante de Estimulador Cerebral Profundo “não significa a cura do Alzheimer”, apesar de melhorar significativamente a qualidade de vida do paciente.
Serviço
Hospital Napoleão Laureano – João Pessoa/Paraíba
Telefone: 83-3042-4974
Barrancas Seu Portal de Notícias
Fonte: https://www.contioutra.com/cirurgia-de-medico-brasileiro-reverte-alzheimer-memoria-voltando/#ixzz41qTQaqc9

Mostrar Mais

3 Comentários

  • jõao carlos viegas da silva
    jõao carlos viegas da silva

    Que esse jagunço e essa anta não valem nada não é novidade para ninguem…..! Mas é surprendente o número de falcatruas, roubalheiras,trambicagens feitas por essa maligna dupla usando o dinheiro do erário público ou seja nosso dinheiro….. Não tem perdão ! Quero esse dinheiro de volta para que seja usado em beneficio do povo Brasileiro e quero ver esses párias PRESOS !!!!! Por favor Juiz Sergio Moro,continue com esse excelente e patriótico trabalho que vem fazendo.! Vamos todos ficar “antenados” vigilantes observando para que não caiamos vitimas desses parasitas. Estreitemos nossos laços de amizade e comercio com os E.U. Israel e paises europeus, árabes, asiáticos do primeiro mundo para que o mais brevemente possivel nossa pátria possa se nivelar a eles !!!

    Responder
  • Hermeval Carlos Zanoni
    Hermeval Carlos Zanoni

    Protesto. Se o FHC não estiver envolvido é pq não é verdadeiro.

    Responder
  • Isabele Cristina
    Isabele Cristina

    A verdadeira beleza feminina está na simplicidade e humildade. O resto é acessório e máscara social.

    Responder
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.