A PC e o IPAAM apreendem madeira beneficiada em Humaitá-AM

Apreensão feita pela Polícia Civil com apoio do IPAAM de CERCA DE 52 METROS CÚBICOS DE MADEIRA BENEFICIADA para medição e aplicações de multas

Humaitá – Nesta sexta (16), a polícia civil com apoio do IPAAM fez a apreensão de 52 metros cúbicos de madeira de lei beneficiada, oriundas do distrito de 180 e Santo Antônio do Matupi e tinham como destino final a capital Brasília.

Toda a carga de madeira estava sem nota fiscal (CEDOF) e está avaliada em 30.000.00 (trinta mil rais), o motorista do caminhão não soube informar quem mandou transportar as madeiras e nem quem pagou pelo serviço. Identificado por “Pará”, o mesmo tem experiência nesse tipo de transporte de madeiras para outros Estados.

Segundo a Polícia Civil, o motorista pernoitou em um Posto de Combustível em Humaitá e esperava uma documentação para poder seguir viagem, o motorista não informou quem iria deixar a documentação e nem qual era a madeirarei responsável pelo serviço.

 Segundo o IPAAM, a madeira vem para o município de Humaitá sem nota, chamada de (madeira fria) e, ao chegar no município recebe uma documentação, chamada de (madeira quente) como se estivesse sido carregada em Humaitá, dessa forma segue viagem sem gerar suspeitas, segundo o órgão de fiscalização (IPAAM) essa é uma prática comum na região e já está sendo investigada há alguns anos.

Dos procedimentos, a madeira foi apreendida e ficará no pátio da Polícia Civil e o caminhoneiro foi ouvido pelo delegado Titular Mário Melo e agora ficará à disposição da justiça.

Fonte: Via G1 – Lucas Lobo

Mostrar Mais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *