Índios Tenharins querem voltar a cobrar pedágio na Transamazônica

Foram dois dias de assembléia com os líderes das aldeias e presenciado por órgãos governamentais tais como Polícia Rodoviária e FUNAI. Os índios deram ultimato de 10 dias para iniciar o pagamento de compensação pelo governo federal ou iniciarão a cobrança de pedágio no trecho da BR 230 que corta as terras Tenharim.
A assembléia indígena terminou no dia de  (27) ontem e segundo pessoas presentes o que causou surpresa foi a passividade dos membros da FUNAI ,  “Isso (o pedágio) poderá  voltar a inflamação dos ânimos. ..o problema é a passividade da FUNAI e outros órgãos…” cita a fonte.
O pedágio foi suspenso,  quando a população quebrou cancelas e colocou fogo em cabanas ao longo da rodovia, para chamar atenção das autoridades sobre o desaparecimento de  três homens  (Steff, Luciano e Aldenei) no trecho que compreende a reserva indígena, após foram achados mortos, segundo as investigações da Policia Federal foram acusados pelos assassinados cinco índios da etnia  Tenharins.
Fonte: Apuí Online
Barrancas Se Portal de Notícias

Mostrar Mais
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *